Setor Juventude

A Pastoral da Juventude na Diocese de Sete Lagoas

‘Recordar e resgatar a história da Pastoral da Juventude Nacional (PJ) é um ato maravilhoso de rever lugares, pessoas, olhos e sorrisos de milhares de jovens que foram se tornando protagonistas por causa do projeto de Jesus Cristo. É um pequeno aperitivo desta ação que fez a Igreja do Brasil mais comprometida e engajada na construção dos sinais de vida.

A história da Pastoral da Juventude começa pelos anos 70 ou, até, com a Ação Católica Especializada (JAC, JEC, JOC, JUC), nos anos 60. Não podemos negar que aprendemos muito da Ação Católica, da Teologia da Libertação, da Pedagogia do Oprimido. No final da década de 70 e no início dos anos 80 a Igreja vivia um período de grandes expectativas, pois Medellín e Puebla trouxeram novos ares para a ação pastoral com a opção concreta pelos pobres e pelos jovens. Esta opção possibilitou ampliar o trabalho que vinha sendo desenvolvido com a juventude em movimento, para a construção de uma proposta mais orgânica. No mesmo contexto do alvorecer da Pastoral da Juventude no Brasil, estava sendo criada a nossa Diocese de Sete Lagoas.

A PJ no primeiro momento em nossa Diocese tomou um seguimento de caráter político social, tendo em vista as lutas militantes pela liberdade e o reconhecimento dos jovens e a sua dignidade. Ela foi se organizando ao passar do tempo, deste modo começou a aderir à proposta de formação e programação da caminhada da juventude em âmbito nacional, ou seja, a CNBB propondo temáticas recorrentes as necessidades da época, para a realização do DNJ (Dia Nacional da Juventude) nas Igrejas particulares. O Dia Nacional da Juventude conta com uma programação para celebrar um dia dedicado à oração, celebração e confraternização da Juventude Católica, que trás suas angustias, sonhos e esperança no mesmo propósito de ser Igreja na partilha e na unidade.

Atualmente contamos com 35 Grupos de Jovens cadastrados em nossa Diocese, dentre estes grupos temos a participação da Renovação Carismática, Pastoral da Juventude Estudantil e o Cursilho. O trabalho da pastoral atualmente visa à formação da juventude na perspectiva humana, afetiva, social e espiritual. A proposta de trabalho é inserir o jovem na comunidade de fé, para que se identificando com a vida pastoral possa contribuir com a missão da Igreja no anúncio do Evangelho. Com a necessidade da expansão da PJ temos o projeto das visitas nas paróquias com a Caravana da Juventude, para levar ao conhecimento dos nossos jovens sobre importância do seu papel na caminhada da nossa Igreja Particular.

A pastoral da Juventude atualmente está passando por uma mudança, pois a proposta da CNBB é organizar o Setor Juventude que contempla toda a ação do jovem e grupos a qual eles se identificam, não necessariamente precisam estar no grupo de jovens, mas também nos movimentos e ministérios que contribuem para a sua experiência de fé. A partir dessa proposta contamos com uma equipe organizadora do nosso Setor Juventude, tendo a participação dos Jovens Sarados, do Ministério Jovem (RCC), e seis representantes dos grupos de jovens que contemplam os cinco setores da nossa Diocese. Com esse advento o Setor Juventude vai de encontro à evangelização pelo meio de comunicação, por subsídios que serão elaborados pela coordenação e também ouvir e compreender a necessidade da nossa juventude nos tempos atuais.

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Voz do Pastor

Dom Aloísio Vitral

Quinto Bispo da Diocese de Sete Lagoas, empossado para essa Igreja Particular no dia 16 de Dezembro de 2017.

Share This