Destaques Notícias da Diocese

Conheça o trabalho das Oficinas de Oração e Vida

Quinze minutos? Meia hora? Orar não é fácil. Estabelecer um trato de amizade, estando verdadeiramente a sós com aquele que sabemos que nos ama… Isso é orar!

Quando você não consegue se centrar, parar, olhar para dentro de si mesmo e mergulhar em Deus, é como se houvesse uma quebra da unidade interior.  Se dá uma ruptura da unidade do ser, que se divide em muitos e vai em todas as direções.

Mas afinal, para onde estamos indo todos com tanta pressa? Em que direção? O que estamos buscando?

No mundo em que vivemos, em meio a um turbilhão de informações, temos dificuldade em silenciar nossa alma. E dessa forma, muitas vezes não conseguimos ter um profundo encontro com Deus. Muitas vezes nos isolamos para orar, fechamos portas e janelas, mas tudo que está lá fora não sai da nossa cabeça. E o que fazer?

Em função disso, falaremos um pouco do maravilhoso trabalho desenvolvido pelas Oficinas de Oração e Vida.

Oficinas de Oração e Vida (TOV – Talleres de Oración y Vida) é um serviço eclesial católico, criado por Frei Ignácio Larrañaga, sacerdote capuchinho, em 1984. É um serviço apostólico, único, aplicável em todos os países, que chegou à aprovação da Santa Sé. A criação desse movimento é resultado dos Encontros de Experiência de Deus iniciados no Brasil em 1974. Possui tem caráter missionário e é aplicado por períodos pré-determinados em igrejas e comunidades.

A Oficina é oferecida duas vezes ao ano, por um período de quatro meses. Ela se propõe a ensinar de uma maneira diferente: Da oração mais simples até as mais místicas. Há também uma convivência com a Palavra durante quase quatro meses. Com a ajuda de um instrumento especial, que é Pequena Pedagogia, aprende-se a aplicar a Palavra escutada às situações concretas de nossas vidas; em que sentido, os critérios divinos encerrados nesta Palavra interpelam o nosso modo de pensar e atuar. A frase que sintetiza o caminho a seguir nas oficinas de Oração e Vida é “do encanto de Deus, ao encanto da vida”.

Na sessão de abertura, as pessoas tomam conhecimento do que é uma Oficina de Oração e Vida, seus conteúdos, duração e compromisso. E no final, se houver uma identificação com o que lhes foi apresentado, ela poderá fazer a sua inscrição. Caso contrário, poderá se retirar sem compromisso algum. A cada semana um tema é estudado e os oficinistas precisam levar sua bíblia e um caderno espiritual. Além disso, a prática em casa é fundamental.

A partir do momento em que você crê, Deus usa seus dons, os dons que ele lhe concedeu. Por isso, as pessoas que ainda não estão engajadas em alguma pastoral são encaminhadas para uma vida apostólica dentro de suas paróquias, e as que já estão engajadas continuam o seu trabalho levando o que aproveitaram de melhor. Atualmente, temos pessoas de vários movimentos que desejam se aprofundar um pouco mais na oração. Existe uma riqueza de Deus, que atende a todos. O espírito Santo conhece as diferenças individuais e para cada uma delas há uma pastoral. Esta é uma das riquezas da nossa Igreja Católica.

Esperamos que este artigo desperte nos leitores o desejo de vir conhecer um pouco do maravilhoso trabalho missionário do Frei Ignacio Larrañaga. E para reflexão de todos, deixamos aqui algumas palavras: Desde sempre, e para sempre, somos gratuitamente amados por nosso Pai.  A oração e a vida pela fé lançam as almas para Deus.  “Deus me ama, não porque eu seja bom, nem para que eu seja bom, ele me ama, por que é meu pai.”

Um dos desafios é fazer com que as pessoas conheçam as oficinas e, para este ano de 2019, a Diocese de Sete Lagoas está se empenhando junto à coordenação dos grupos para que este serviço seja divulgado em todas as paróquias e comunidades. Ouça o que fala nosso bispo Diocesano, Dom Aloísio Vitral:

Fotos: Oficinas de Oração e Vida – Diocese de Sete Lagoas

Conheça as oficinas de oração e vida  e percorra o caminho do encanto de Deus ao encanto da vida!

 

Informações sobre as Oficinas na Diocese de Sete Lagoas :

Coordenadora: Lucimar Cristina de Souza Costa (Lu) – Email: [email protected]

Secretária: Vânia Nascimento Alves – Contato (31)3773-5204
Guia TOV: Geraldo Alves  – Contato : (31) 9.7116-8701

Fonte: tovbrasil.com.br

3 comentários

Clique aqui para postar um comentário

Share This