Destaques Formação Permanente

Família Sagrada no meio de nós

“Eis aqui a serva do Senhor; que se realize em mim tudo conforme a tua palavra!” (Lc 1,38). Com essa doação e obediência a Deus, Maria se fez a mais nobre de todas as mulheres. Mãe de Jesus, mãe de toda a humanidade, é e sempre será o exemplo a ser seguido pelas zelosas mães que amorosamente cuidam de seus filhos na vida terrena.

Podemos nos permitir imaginar como foi a relação de Nossa Senhora com o menino Jesus? Se sim, a imagem que chega ao coração e às retinas é de amor. Um lar feliz, repleto da benção do Espírito Santo. Diálogos dóceis. Olhares meigos. O carinho de mãe para com seu Filho ao deitar, ao acordar, ao se alimentar, a aprender o ofício de ser carpinteiro em  cada instante da vida da Sagrada Família. Depois, Ele ensinou ao mundo a maior de todas as lições: como viver a nova e eterna aliança.

José, o obediente homem, o bom carpinteiro e exemplo de pai, forma com Maria e Jesus o que devemos ser nos dias atuais: contraponto à sociedade dita moderna, consumista, insensível ao outro. Como nos ensina São Paulo em sua Carta aos Romanos (15,7): “Por isso, acolhei-vos uns aos outros, como Cristo vos acolheu, para a Glória de Deus.”

Trata-se, porém, de desafio. Dar cada passo em direção ao Caminho de Jesus requer renúncia, desapego, fraternidade. Como viver isso em tempos de competitividade, de ter e de não ser, de ser cego à dor do semelhante? Isto se aplica em todos os ambientes que vivemos.

Logo, o fardo não é leve. Poderá ficar mais suave se vivermos, ou pelo menos tentarmos viver o que o Papa Francisco afirma no título de um de seus mais nobres livros: “O nome de Deus é misericórdia.”

A misericórdia de Deus nos salva. O amor de Maria nos ensina. O exemplo de José nos mostra. A vida eterna de Jesus nos chama a sermos irmãos e irmãs, assim na Terra como no Céu.

Tome diariamente para si o olhar maternal de Maria, a fé de José e a Palavra que se fez carne e habitou entre nós: Jesus, o Salvador. Para viver em plenitude, observe antes de concluir; pense antes de falar; aconselhe sem julgar; ame sem medir.

 

Caio Pacheco, 51 anos, é escritor e ex-ministro da Eucaristia da Igreja de Santo Expedito

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Voz do Pastor

Dom Aloísio Vitral

Quinto Bispo da Diocese de Sete Lagoas, empossado para essa Igreja Particular no dia 16 de Dezembro de 2017.

Rádio Diocesana”></a></p>
</div>
		</div><div id=

Share This