Você está aqui: Início » Notícias » Paróquia Sant’Ana e São Joaquim promove primeira experiência missionária

Paróquia Sant’Ana e São Joaquim promove primeira experiência missionária

Postado dia: 26 de outubro de 2017 | Por: Carla Cristina Andrade | Notícias

Paróquia Sant’Ana e São Joaquim promove primeira experiência missionária

A Paróquia Sant’Ana e São Joaquim (Sete Lagoas) realizou a primeira experiência missionária ad extra (fora da comunidade paroquial)nos dias 21 e 22 de outubro de 2017,   em Funilândia, para os jovens e crianças da Juventude Missionária (JM) e Infância e Adolescência Missionária (IAM), nos moldes do que nos pede o Papa Francisco: “Eu quero uma Igreja em Saída”. Esses dois grupos pertencem à nova realidade pastoral da paróquia que deseja intensificar suas atividades missionárias. Além desses dois grupos, atualmente a paróquia conta com outros grupos missionários: acolhida, escuta e visita.

A JM compreende o jovem da paróquia que aprende na teoria e na prática que a missão não possui nenhum limite, ajudando-os a realizar sua própria missão local e universal. Já a IAM é uma escola do seguimento de Jesus, porque leva a criança a tornar-se um verdadeiro discípulo de Jesus, escutando, meditando e vivendo a Palavra de Deus e anunciando Jesus. Como discípulos-missionários, as novas gerações são chamadas a transmitir aos seus irmãos, sem distinção alguma, a corrente de vida que procede de Cristo e a compartilhá-la em comunidade, construindo a Igreja e a sociedade (Documento de aparecida, 443).

O programa da missão foi realizado da seguinte forma: oração deenvio às 7 horas da manhã na Igreja Sant’Ana. Ao chegar em Funilândia, aconteceu a acolhida do Pe. Anderson Luiz Teodoro Evangelista. Depois houveram visitas domiciliares ao longo de todo dia. Para o domingo, dia 22 de outubro, aconteceu uma Missa na Capela de Nossa Senhora Aparecida, 7 horas da manhã como de costume e depois o encontro com as crianças. Esse encontro foi realizado com muitas músicas e brincadeiras com oração. À tarde aconteceu o encontro com os jovens na praça ao redor da Matriz. Por fim, Missa de encerramento às 7 horas da noite, no qual nos despedimos após a celebração eucarística.

Os participantes da missão, afirmam que foram recebidos de braços abertos pelo Padre Anderson. Para eles, o intuito do primeiro dia da missão foi convidar para a Missa com um encontro de crianças e jovens, além de evangelizar com as visitas. Segundo eles, “tiveram uma marcante experiência de vida com um garoto de dez anos que tem Síndrome de Down”. Esse disse: “para sermos felizes, temos que aceitar quem somos”.

No encontro com as crianças e jovens, a intenção foi de passar a mensagem de que é possível ter a essência de ser criança, de ser jovem e ainda estar com Deus. Os missionários evidenciaram que “se uma pessoa sentiu tocada, já terá valido a pena todos os esforços para a realização do evento”. Que outras missões possam ser realizadas para um mundo melhor!

Por: Seminarista Bruno Willian

Diocese de Sete Lagoas

 

 

 

Deixe seu comentário

Os comentários estão desativados.