BLOGS Destaques Pastorais Sociais - NOTÍCIAS

Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

O dia 18 de maio, Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, instituído pela Lei Federal 9.970/00, é uma conquista que demarca a luta pelos direitos humanos de crianças e adolescentes no território brasileiro e que já alcançou muitos municípios do país. A Prefeitura de Sete Lagoas – por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SMASDH) – está com diversas ações de conscientização como campanhas de escutas especializadas nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e Centros de Referência Especializados de Assistência Social (CREAS).

Oficinas, palestras e, na quarta-feira, 18, está programa uma caminhada distribuindo informativos e mostrando os principais canais de denúncia para que as pessoas não se calem e denunciem ao ver algo referente a abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes. “O objetivo das campanhas do Maio Laranja é passar informações para as crianças e adolescentes de como identificar, proteger e denunciar situações de abuso, para que elas não se calem e denunciem. A caminhada terá início às 8h30 na Praça Tiradentes, próximo ao casarão, onde faremos todo o percurso e encerraremos na praça Dom Carmelo Mota”, informa a supervisora de Comunicação da SMASDH, Mariana Marques.

“É importante ressaltar que não é só no mês de maio que devemos cuidar de nossas crianças e adolescentes. Maio é apenas um reforço do alerta de que o abuso e exploração sexual infelizmente são realidades que devemos combater e orientar para que reduzam os casos, que aumentaram com a pandemia. O Maio Laranja reforça a importância de se denunciar, de não se calar”, completa a secretaria municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, Luciene Chaves.

Violência contra crianças e adolescentes

A violência sexual praticada contra crianças e adolescentes envolve vários fatores de risco e vulnerabilidade quando se considera as relações de gênero, de raça/etnia, de orientação sexual, de classe social, de geração e de condições econômicas. Nessa violação, são estabelecidas relações diversas de poder, nas quais tanto pessoas ou redes utilizam crianças e adolescentes para satisfazerem seus desejos e fantasias sexuais e/ou obterem vantagens financeiras e lucros. Nos últimos anos, em especial no contexto da pandemia da Covid-19, a situação de violação de direitos de crianças e adolescentes, e em especial a violência sexual, têm se agravado, somada à crise sanitária, com o aumento da pobreza, do desemprego e o desmonte dos serviços de proteção por falta de investimentos e orçamento público.

Serviço:
Caminhada pelo Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

18 de maio, 8h30
Da praça Tiradentes até a praça Dom Carmelo Mota
Informações: (31) 3776-5856 | 3772-7692 | 3772-9983

Fonte: Ascom – Prefeitura de Sete Lagoas

Foto capa:  Reprodução

Voz do Pastor

Dom Francisco Cota

Dom Francisco Cota

Em 10 de junho de 2020 foi nomeado pelo Papa Francisco, o sexto bispo da Diocese de Sete Lagoas (MG).

Agenda Diocesana

SuMoTuWeThFrSa
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

 
 « ‹jun 2022› » 
Share This