Destaques Notícias da Diocese

Diocese de Sete Lagoas realiza abertura oficial da CFE-2021

Na manhã da última quarta-feira (17), o bispo diocesano, Dom Francisco Cota de Oliveira, realizou a abertura da Campanha da Fraternidade/2021 na Diocese de Sete Lagoas. A cerimônia aconteceu no Salão Pastoral da Catedral de Santo Antônio e, logo após, foi celebrada a tradicional Missa de Cinzas.

A abertura oficial

A Campanha da Fraternidade de 2021 será a 5º Campanha a ser trabalhada na Dimensão Ecumênica. Com sua abertura na entrada do Tempo Quaresmal e sua Coleta marcada para o Domingo de Ramos, 28 de março, os cristãos de todas as denominações são chamados em 2021 a viver e promover a dimensão do diálogo, como método de se derrubar as barreiras da divisão, fortalecendo a unidade.

Neste ano, o tema da Campanha da Fraternidade Ecumênica (CFE) é “Fraternidade e Diálogo: compromisso de amor” e o lema “Cristo é a nossa paz: do que era dividido, fez uma unidade”, extraído da carta de São Paulo aos Efésios, capítulo 2, versículo 14.

O evento, que aconteceu de forma restrita e contou, além do bispo diocesano, com as presenças do Diácono Amauri  Dias de Moura da Arquidiocese de Belo Horizonte e da Pastora Mara Sandra Parlow da Igreja Evangélica de Confissão Luterana, ambos representantes do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs de Minas Gerais(CONIC-MG). Também estiveram presentes, Pastor Alcides Longo de Barros, fundador da Igreja Batista Central e Presidente da Câmara Municipal de Sete Lagoas, Ighor Augusto da Silva Pereira, representante da Secretaria Municipal de Educação (Sete Lagoas) , além de  padres, seminaristas e leigos representantes dos movimentos pastorais diocesanos e de outras confissões cristãs.

Missa com Imposição das Cinzas

           

Após a abertura, Dom Francisco Cota, celebrou a missa da Quarta-feira de Cinzas na Catedral de Santo Antônio e, neste ano, para evitar o contato físico, as cinzas foram distribuídas sobre a cabeça dos fiéis. O ato também convida os fiéis a crerem no evangelho.

Durante a homilia Dom Francisco salientou que esta Campanha da Fraternidade Ecumênica (CFE) “é um momento rico para todos nós, onde a fé e a Palavra de Deus nos convidam a caminhar juntos. Caminhar juntos não significa perder nossa identidade, ferir ou abrir mão da nossa doutrina”.

Segundo ele “quem tem dificuldade de dialogar é quem se sente ameaçado pelo outro. Se estamos certos e amadurecidos na nossa identidade, dos valores e princípios da nossa fé e doutrina, não precisamos agredir ninguém. Podemos nos unir nas ações comuns para viver em harmonia. Este é o lugar do ecumenismo”.

Para dom Francisco, o ecumenismo não se faz “trazendo um pastor para o presbitério ou levando os padres para outros templos”. E continua dizendo que “há diversas possibilidades de refletir e rezar juntos, em lugares neutros, buscando propostas de um agir conjunto como pessoas de boas vontade e cristãos que se unem para avaliarem e identificarem caminhos para superar as polarizações e violências, através do diálogo amoroso, testemunhando a unidade na diversidade“.

Finalizou dizendo que, “se fizermos bem e de forma orante este caminho da Palavra durante esta quaresma, chegaremos à Páscoa do Senhor mais amadurecidos e crescidos espiritualmente”.

 

Por Ascom

 

 

 

 

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Voz do Pastor

Dom Francisco Cota

Dom Francisco Cota

Em 10 de junho de 2020 foi nomeado pelo Papa Francisco, o sexto bispo da Diocese de Sete Lagoas (MG).

Agenda Diocesana

SuMoTuWeThFrSa
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

 
 « ‹fev 2021› » 
Share This