Destaques Notícias da Diocese

Dom Aloísio Vitral presidirá celebrações da Irmã Benigna

As Celebrações Eucarísticas do 38º ano de falecimento da Serva de Deus, neste mês de outubro, acontecerão nos dias 16 e 26/10. A primeira Celebração Eucarística, em ação de graças pela vida e santidade da Irmã Benigna e pela sua beatificação, no dia 16/10, será na cidade de Sete Lagoas, às 19h, na Catedral de Santo Antônio (Praça Tiradentes, nº 09, Centro). Esta Missa dá continuidade à série de celebrações que ocorrem no dia 16 de cada mês, em homenagem à Serva de Deus. Todos são convidados a participar dessa Celebração e a testemunhar a sua fé e confiança na intercessão da Irmã Benigna e agradecer as graças recebidas.

Sete Lagoas é uma cidade importante na caminhada da Irmã Benigna, onde ela esteve por diversas vezes, deixando suas marcas de santidade. Dentre as suas devoções, grande era sua confiança na intercessão de Santo Antônio. Estando em Sete Lagoas, Irmã Benigna ia sempre ao encontro do Padre Fernando dos Reis de Melo, no Santuário de Adoração Perpétua. Nesta cidade, também está localizada a sede da Amaiben. Além da presença de grupos de oração da devoção, dos representantes da Amaiben na cidade, aí também residem alguns dos parentes da Serva de Deus.

A Celebração Eucarística solene pelo 38º ano do falecimento da Serva de Deus será realizada no dia 26/10, às 11 h, em Caeté/MG, no Recanto Monsenhor Domingos (Rodovia MG 435, Km 6). Após a Celebração, haverá almoço de confraternização, visita à Cripta do Ressuscitado, onde estão as Relíquias da Irmã Benigna e ao seu Memorial, onde o devoto encontrará vasto acervo sobre sua vida. São lugares especiais que propiciam momentos de reflexão, oração, fé e espiritualidade. Nesse dia, são esperadas caravanas de diversas cidades, organizadas pelos representantes e coordenadores de grupos de oração da devoção.

Dom Aloísio Jorge Pena Vitral, Bispo da Diocese de Sete Lagoas, que conviveu com a Serva de Deus na sua juventude, presidirá ambas as Celebrações.

Sobre Irmã Benigna 

 Irmã Benigna era uma pessoa simples, humilde, alegre e tinha grande amor ao próximo. Seu caminhar de vida deixou marcas profundas em todos que a conheceram e em todos os lugares por onde passou. Nasceu em Diamantina-MG, no dia 16 de agosto de 1907. Aos 28 anos de idade, no dia 11 de fevereiro de 1935 ingressou na Congregação das Irmãs Auxiliares de Nossa Senhora da Piedade, onde, levando vida de santidade, prestou serviços em diversas cidades de Minas Gerais: Itaúna, Caeté, Lambari, Lavras, Sabará, Caeté e Belo Horizonte.

Irmã Benigna tinha uma fé inabalável. Tudo para ela era resolvido através de Jesus e Nossa Senhora. A todos ensinava a piedade, a fé, o amor a Deus, a devoção à Nossa Senhora, o valor da caridade, da Missa, dos sacramentos e das orações, especialmente a Salve Rainha, uma de suas orações prediletas.  Estava sempre pronta para ajudar e acolher. Não fazia acepção de pessoas. Abdicava de si para cuidar do necessitado, a qualquer hora. Embora tivesse várias doenças, ela ia ao encontro de todos, nunca medindo esforços para chegar a ninguém. Sempre disponível para servir a cada um nas suas necessidades, a qualquer hora, a todos dedicava cuidado e atenção. Ajudava as pessoas a compreenderem suas vidas e a resolverem seus problemas através da fé e da oração, da confiança em Deus e Nossa Senhora. Sabia compreender as crianças e os jovens, e orientava os pais a compreendê-los também. Levou muitos à conversão, restaurou muitos casamentos e muitas famílias foram transformadas. Não fazia nada sozinha.

Cada pessoa que se aproximava dela e se disponibilizava a ajudá-la na sua obra de caridade, ia descobrindo dentro de si a capacidade de também amar e servir a Deus e ao próximo. Por todos os lugares onde passou, levou paz, amor e esperança. Irmã Benigna faleceu em 16 de outubro de 1981, em Belo Horizonte. Em vida, já era considerada Santa. Devido ao número de milagres atribuídos à sua intercessão, foi aberto o Processo de sua Beatificação na Arquidiocese de Belo Horizonte, no ano de 2011. Após o encerramento da fase diocesana (2013), toda a documentação foi encaminhada para o Vaticano. No momento, o dossiê com essa documentação, a “Positio”, está sendo impresso e será examinado por um grupo de Teólogos, de Cardeais e Bispos, que opinarão sobre a vida, as virtudes e a fama de santidade da Serva de Deus. Por fim, a “Positio” será apresentada ao Papa para que seja examinada. Sendo aprovada, Sua Santidade, o Papa Francisco, decretará a virtude heroica da Serva de Deus, e, neste momento, ela será declarada Venerável. Será mais um passo importante rumo à sua Beatificação.

Informações:

Associação dos Amigos da Irmã Benigna – Amaiben

Site: www.irmabenigna.org.br

Facebook Serva de Deus Benigna Victima de Jesus (Irmã Benigna) :https://www.facebook.com/irmabenignavictimadejesus/

Twitter Oficial da Irmã Benigna:  @IrmaBenigna –  https://twitter.com/IrmaBenigna

Instagram: #Irmã Benigna – Oficial  https://instagram.com/irma_benigna_oficial?igshid=kuzl9g1a4fed

Telefone/Whatsapp: ‎(31) 99920-3024

Voz do Pastor

Dom Francisco Cota

Dom Francisco Cota

Em 10 de junho de 2020 foi nomeado pelo Papa Francisco, o sexto bispo da Diocese de Sete Lagoas (MG).

Agenda Diocesana

SuMoTuWeThFrSa
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 « ‹jul 2021› » 
Share This