Destaques Notícias da Diocese

Nota de Esclarecimento a respeito do “Santuário Carismático Divina Luz”

Diante de inúmeros questionamentos que têm sido encaminhados a nós, a Diocese de Sete Lagoas, através de seu bispo Diocesano, vem esclarecer a seus fiéis a respeito do autointitulado “SANTUÁRIO CARISMÁTICO DIVINA LUZ” de propriedade do ‘Sacerdote Exorcista’ Denis Arcanjo, localizado na cidade de Sete Lagoas.

Segue abaixo as orientações através de uma circular aberta:

Circular Diocesana aberta a todos fiéis

Cidade e Sé Diocesana de Sete Lagoas, 25 de julho de 2019.

“Pois hão de surgir falsos Cristos e falsos profetas, que apresentarão  grandes sinais e prodígios de modo a enganar, se possível, até mesmo os eleitos. Eis que Eu vo-lo predisse: (Não sigais essa  gente)” (Mt 24,24)

Amados irmãos e irmãs em Cristo,

            Algum tempo vem ocorrendo caravanas de fiéis católicos, vindas de algumas comunidades paroquiais de nossa Diocese para o autointitulado “SANTUÁRIO CARÍSMÁTICO DIVINA LUZ” de propriedade do ‘Sacerdote Exorcista’ Denis Arcanjo em Sete Lagoas.

            Em nome do Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo, na obediência ao Sagrado Magistério da Igreja, à Tradição Apostólica e às Sagradas Escrituras, afirmamos que o supracitado não  está em Comunhão com a Santa Igreja de Cristo, a Mãe Católica.  Não está em comunhão com o Papa Francisco, nosso Pontífice Romano e, portanto, não está em comunhão com o Bispo Diocesano; não pertence ao clero diocesano de Sete Lagoas e a nenhum clero da Igreja Católica Apostólica Romana.

Mesmo utilizando todas as riquezas litúrgicas, os sinais externos dos Ritos Católicos, paramentos e afins, esclarecemos aos nossos fiéis, que são atos e atitudes retirados da Igreja Católica Apostólica Romana para SUGERIR à boa fé dos católicos. Ou seja, ocorre uma apropriação indevida do que é originário da catolicidade. Sutilmente, não deixa claro que NÃO está em comunhão com a Igreja Católica Apostólica Romana. Atualmente também tem realizado chamada em rádios de programação católica, o que acaba confundindo os ouvintes e fiéis.

            Em nome do Senhor, como Pastor deste Rebanho Diocesano, esclareço a todos que este tipo de conduta pastoral NÃO É VÁLIDA e em desacordo com a Santa Igreja, a Esposa do Cordeiro.

              Jesus nunca prometeu facilidades no seguimento a Ele: Pelo contrário, sempre nos advertiu: “Quem quiser me seguir, renuncie-se a si mesmo, tome sua Cruz a cada dia e siga-me” Mt  16,24… Ou Seja, Nosso Senhor Jesus Cristo não nos ofereceu uma religião baseada em materialismos, mas nos convidou ao seguimento convicto, assumindo nossas cruzes diárias e mostrando a todos Àquele que é o verdadeiramente o caminho, a verdade e a vida.

            Ante o exposto, oriento a todos os fiéis desse nosso Rebanho Diocesano que acautelem e não se deixem ser enganados!

         Rezemos ao Divino Espírito Santo que toque o coração desses nossos irmãos a fim de que reconheçam o grande mal que estão causando ao Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo confiado à Sua Santa Igreja, a qual tem seus Ministros Ordenados unidos no presbitério diocesano, a mim como Bispo, e juntos em comunhão com o Santo Padre, o Papa Francisco.  Apenas queremos o bem maior da Igreja, os seus filhos nascidos de seu útero, da Fonte Batismal.

Farão bem se observarem esses esclarecimentos. Era o que tinha para vos exortar e advertir, como Pai e Irmão.

Em Cristo, na caridade e na unidade,

 

+Dom Aloísio Jorge Pena Vitral  -Bispo Diocesano

Padre Roberto Vicente Leite – Chanceler do Bispado

 

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Voz do Pastor

Dom Francisco Cota

Dom Francisco Cota

Em 10 de junho de 2020 foi nomeado pelo Papa Francisco, o sexto bispo da Diocese de Sete Lagoas (MG).

Agenda Diocesana

SuMoTuWeThFrSa
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 
 « ‹Maio 2021› » 
Share This