Destaques Pastorais e Movimentos

Pastoral Carcerária realiza reunião para fortalecer atuação em 2022

A Pastoral Carcerária Diocesana vem realizando uma reestruturação interna neste ano de 2021, visando ampliar suas ações no próximo ano que se inicia.  O momento marca uma renovação nos trabalhos, que ficaram paralisados após o início da pandemia de Covid-19.

Dentre as ações que estão sendo realizadas, aconteceu no final do mês de outubro, um encontro ampliado  com o Bispo Diocesano Dom Francisco Cota, a Coordenação Diocesana da Pastoral Carcerária, o padre assessor, Luís Fernando e membros de duas novas comunidades de Sete Lagoas (Marcca e  Missionários da Cruz)  que se dispuseram a unir forças com a equipe da pastoral, dentro deste trabalho evangelizador junto aos encarcerados e suas famílias.

Dom Francisco quis conhecer mais de perto o trabalho e a missão de cada um, além de propor encontros de formação permanentes.  Foi detalhado também, mais especificamente, como se desenvolve o trabalho dentro das quatro unidades prisionais de Sete Lagoas que são: o Presídio Promotor José Costa; a Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (APAC), cujo objetivo é gerar a humanização das prisões, sem deixar de lado a finalidade punitiva da pena; o Centro Socioeducativo (CSE) que é um núcleo cujo objetivo é abrigar adolescentes que cumprem medidas socioeducativas de internação; o Centro de Internação Provisória (CIP), que tem como principal característica sua natureza temporária, destinada ao adolescente em período de apuração do processo de ato infracional.

A Pastoral Carcerária busca ser a presença de Cristo e de sua Igreja no mundo dos cárceres, caracterizado pela superlotação, condições insalubres e tortura sofrida pelas pessoas privadas de liberdade.

No seu trabalho de atendimento religioso às pessoas presas, os agentes pastorais promovem um serviço de escuta e acolhimento, anunciam a Boa Nova, contribuem para o processo de iniciação à vida cristã e para a vivência dos sacramentos, e atuam no enfrentamento às violações de direitos humanos e da dignidade humana que ocorrem dentro do cárcere, pois todo processo evangelizador envolve a promoção humana.

A Coordenação da Pastoral Carcerária Diocesana informa também que serão celebradas Missas , além de Adoração ao Santíssimo Sacramento, de uma forma especial, para os familiares dos encarcerados, na Capela Nossa Senhora da Piedade (Sete Lagoas -MG). Fique atento às redes sociais da Diocese e informe-se sobre as datas e horários.

Neste  mês de novembro será neste dia 13/11 I(sábado) , sendo 10h , Adoração ao Santíssimo e, em seguida, a Santa Missa.

Por Ascom

Fonte: CNBB

 

Voz do Pastor

Dom Francisco Cota

Dom Francisco Cota

Em 10 de junho de 2020 foi nomeado pelo Papa Francisco, o sexto bispo da Diocese de Sete Lagoas (MG).

Agenda Diocesana

SuMoTuWeThFrSa
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

 
 « ‹nov 2021› » 
Share This